LongPing High-Tech dá continuidade a projeto de expansão no Brasil

A LongPing High-Tech está concluindo estudos e projetos para a construção de uma unidade
de processamento de milho com capacidade de beneficiamento de até dois milhões de sacas e
um centro de pesquisas para melhoramento genético de diferentes culturas em uma área de
92 hectares no município de Araguari, no Triângulo Mineiro.

A abertura desta unidade está alinhada com a estratégia de crescimento da companhia no
País, que tem como base a inovação tecnológica, pesquisa e sua experiência no mercado
global de sementes. A estratégia da LongPing High-Tech para os próximos anos é continuar
investindo em novos centros de Pesquisa e Desenvolvimento em regiões-chave para o
agronegócio brasileiro.

O projeto da companhia em Araguari aguarda ainda a análise dos órgãos competentes para
emissão das devidas licenças e segue alinhado com o planejamento da empresa no Brasil.
“Nosso principal objetivo é aumentar a capacidade de produção ganhando eficiência e
competitividade para garantir a sustentabilidade do negócio, além de trazer benefícios para
toda a cadeia produtiva ”, afirma o diretor-geral para a América Latina Mozart Fogaça Jr.