PowerCore™ possui 3 modos de ação efetivos proporcionados pela presença de 3 proteínas inseticidas (Cry1F, Cry1A.105, Cry2Ab2), que conferem excelente controle de lepidópteros que atacam a parte aérea e de controle superior em lagartas de solo.

Isso significa controle efetivo das principais pragas do milho, como Lagarta-do-cartucho, Broca-do-colmo, Lagarta-da-espiga, Lagarta-elasmo, Lagarta-rosca e Lagarta-das-vagens.

Além disso, PowerCore™ possui 2 proteínas (CP4 EPSPS, PAT), que conferem às plantas de milho tolerância aos herbicidas glifosato e glufosinato de amônio, possibilitando o controle de amplo espectro de plantas daninhas com maior segurança e flexibilidade.

A tecnologia PowerCore™ já conta com a aprovação da CTNBio (Comissão Técnica Nacional de Biossegurança), que atestou sua segurança para os seres humanos, animais e para o meio ambiente.

BENEFÍCIOS

TRIPLA AÇÃO

(3 proteínas inseticidas no controle das principais pragas do milho)

  • Melhor e mais amplo espectro de controle das principais pragas do milho.
  • Maior e melhor controle da Lagarta-do-cartucho (Spodoptera frugiperda).
  • Controle superior em lagartas de solo (Agrotis ipsilon e Elasmopalpus lignosellus).
  • Maior proteção da tecnologia, diminuindo o risco de desenvolvimento de resistência.


TOLERÂNCIA AO GLIFOSATO

  • Maior segurança e flexibilidade no manejo de plantas daninhas.
  • Permite aplicação sequencial de glifosato no controle de plantas daninhas, se necessário.
  • Amplo espectro no controle de ervas.
  • Alta seletividade sem fitotoxicidade.

 

PRAGAS CONTROLADAS POR POWERCORE

Lagarta-do-cartucho

(Spodoptera frugiperda)

  • 3 a 5 gerações antes da maturação da espiga.
  • Clima seco e quente reduz o ciclo da praga, aumentando a infestação.
  • Ciclo de 30 a 50 dias.

Broca do Colmo

(Diatraea saccharalis)

  • Ataca o colmo, formando galerias.
  • Galerias circulares que seccionam o colmo quebrando facilmente.
  • Planta atacada “quebra facilmente”.

Lagarta-elasmo

(Elasmopalpus lignosellus)

  • Ovos junto às plantas ou no solo.
  • Adultos: 15 a 25mm, coloração cinza.
  • Ciclo de 25 dias (solo seco e temperatura elevada).
  • Ciclo de 2 meses (solo úmido e temperatura baixa).
  • Atacam o coleto e folhas das plantas recém-germinadas, causando murchamento e posteriormente seca e tombamento.

Lagarta-rosca

(Agrotis ipsilon)

  • Oviposição na base das plantas ou no solo.
  • Lagartas de hábito noturno, ficam enroladas e abrigadas no solo durante o dia. Saem para se alimentar ao anoitecer.
  • 3 lagartas/m², em plantas com 2 a 3 folhas, perdas significativas.
  • 4 semanas após a germinação (posturas feitas sobre a planta): bloqueiam o caule (coração morto).

Lagarta-das-vagens

(Spodoptera eridania)

  • É uma praga das culturas de soja e algodão; vive em plantas daninhas hospedeiras.
  • A postura é uma massa de ovos semelhante à da Spodoptera frugiperda.
  • Após a eclosão dos ovos, a lagarta inicialmente permanece raspando as folhas e depois desloca-se para outras partes das plantas ou outras lavouras; passa a ser solitária, alimentando-se das folhas da cultura.
  • No milho causa a desfolha e, em altas populações, chega a destruir plantas recém-germinadas.

Lagarta-da-espiga*

(Helicoverpa zea)

  • Oviposição preferencial no cabelo da espiga.
  • Recém-eclodida, alimenta-se do cabelo do milho.
  • Ataque ocorre pela ponta da espiga.

*Para esta praga o PowerCore™ tem ação de supressão.

*POWERCORE™ é uma tecnologia desenvolvida pela Dow AgroSciences e Monsanto. POWERCORE™ é uma marca da Monsanto LLC. Agrisure® é marca registrada da Syngenta Group Company, LibertyLink® é marca registrada da Bayer.

Fonte fotos:
Spodoptera cosmioides (http://www.agencia.cnptia.embrapa.br)
Mocis latipes (https://bugguide.net)
Helicoverpa armigera (https://www.embrapa.br)